O que a Bíblia diz sobre a educação?



Pergunta: "O que a Bíblia diz sobre a educação?"

Resposta:
O livro de Provérbios está cheio de instruções dadas por Salomão a seus filhos. O filho é exortado a aprender com esta instrução, e o resultado da aplicação do conhecimento aprendido é chamado de sabedoria. A Escritura diz muito sobre o processo de educação, e começa com o pai e filho. O comando para os pais é criar os filhos no Senhor (Efésios 6:4), e a palavra grega paideia ("criação") traz consigo a ideia de formação, educação, instrução e disciplina. Na medida em que as crianças aprendem sobre Deus, elas têm a oportunidade de honrar os seus pais com sabedoria, e a base dessa honra é o processo contínuo de educação e aplicação do que é aprendido. Salomão nos diz que a base de todo o conhecimento verdadeiro é o temor do Senhor (Provérbios 1:7). A palavra "temor" aqui não carrega a ideia de terror ou medo, mas sim respeito e reverência pela santidade e majestade de Deus e uma relutância de decepcionar ou desobedecê-lo. Jesus disse que quando conhecermos a verdade, ela nos libertará (João 8:32). Estar livre do temor vem de ser educado na Verdade.

Em Romanos, o apóstolo Paulo usa a palavra "saber" ou "conhecer" onze vezes. O que devemos saber? Devemos nos educar na Palavra de Deus, pois quando adquirimos conhecimento espiritual, podemos então aplicá-lo nas nossas vidas de maneiras práticas, rendendo-nos a Ele e usando o conhecimento piedoso para servir ao Senhor em espírito e verdade (Romanos 6:11 -13). O velho ditado é: "Nós não podemos usar o que não conhecemos." Este princípio é duplamente verdadeiro quando se trata da educação bíblica. Como é que nos educamos no sentido bíblico? Nós lemos, estudamos, memorizamos e meditamos na Palavra de Deus!

O apóstolo Paulo advertiu Timóteo a “apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade” (2 Timóteo 2:15). A palavra grega traduzida como "maneja" significa dar diligência, esforçar-se ou apressar-se a aplicar-se. Portanto, a fim de aprender ou nos educar, somos instruídos a aplicar-nos a estudar com diligência a Palavra de Deus. A razão é também encontrada na segunda carta de Paulo a Timóteo. "Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra" (2 Timóteo 3:16-17). A ideia aqui é que a Palavra de Deus nos aperfeiçoa ou amadurece e nos prepara para sermos servos educados e fiéis.

A educação bíblica equipa os crentes nascidos de novo de modo que Deus é capaz de realizar neles o trabalho que Ele ordenou (Efésios 2:10). A educação bíblica nos transforma pela renovação da nossa mente (Romanos 12:2), ou seja, através do processo contínuo da aplicação de conhecimento com a mente de Cristo, "o qual se nos tornou, da parte de Deus, sabedoria, e justiça, e santificação, e redenção" (1 Coríntios 1:30).


Voltar à página principal em português

O que a Bíblia diz sobre a educação?