São Jesus e Satanás irmãos?



Pergunta: "São Jesus e Satanás irmãos?"

Resposta:
Não, Jesus e Satanás não são irmãos. Jesus é Deus e Satanás é uma de Suas criações. Jesus e Satanás não apenas não são irmãos, mas são tão diferentes quanto a noite é do dia. Jesus é Deus encarnado -- eterno, onisciente e onipotente, enquanto Satanás é um anjo caído que foi criado por Deus para os Seus propósitos. O ensinamento de que Jesus e Satanás são "irmãos espirituais" é um dos muitos falsos ensinamentos dos Mórmons (Santos dos Últimos Dias), e até certo ponto também das Testemunhas de Jeová. Ambos os grupos são devidamente rotulados como seitas porque negam a doutrina cristã essencial. Embora usem termos cristãos como Jesus, Deus e salvação, eles têm perspectivas e ensinamentos heréticos sobre as doutrinas cristãs mais básicas e essenciais. (Por favor note que a maioria dos mórmons hoje negam veementemente acreditarem que Jesus e Satanás são irmãos. No entanto, este ensino certamente era uma crença dos primeiros mórmons).

O ensinamento de que Jesus e Satanás são "irmãos espirituais" nasce da incompreensão e distorção das Escrituras dos mórmons, bem como de alguns dos ensinamentos extrabíblicos que consideram autoritários. Simplificando, não há nenhuma maneira que se possa ler a Bíblia usando qualquer tipo de princípios hermenêuticos sólidos e concluir com a ideia de que Jesus e Satanás são "irmãos espirituais." As Escrituras deixam bem claro que Jesus é plenamente Deus, e não algum tipo de deus inferior como os mórmons ou outras seitam acreditam. As Escrituras também deixam bem claro que Deus é transcendente acima da Sua criação, o que significa simplesmente que não há comparação entre Cristo, o Criador, e Satanás, a Sua criação.

Os mórmons acreditam que Jesus Cristo foi o primeiro "filho espiritual" nascido a Deus, o Pai Celestial, com uma de suas muitas esposas. Em vez de reconhecer Jesus como o único e verdadeiro Deus, eles acreditam que Ele se tornou Deus, da mesma forma que um dia eles vão se tornar deuses. De acordo com a doutrina Mórmon, como o primeiro dos "filhos espirituais" de Deus, Jesus tinha preeminência sobre Satanás ou Lúcifer, que foi o segundo "filho de Deus" e "irmão espiritual" de Jesus. É irônico que usam Colossenses 1:15 como um dos seus "textos de prova", o qual diz que: "Este é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação." No entanto, ignoram o versículo 16, onde vemos que "pois, nele, foram criadas todas as coisas, nos céus e sobre a terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos, sejam soberanias, quer principados, quer potestades. TUDO foi criado por meio dele e para ele." Todas as coisas - tronos, domínios, principados e potestades - incluem Satanás e seus demônios.

A fim de acreditar que Satanás e Jesus são "irmãos espirituais", é necessário primeiro negar o ensino claro das Escrituras. A Escritura é muito clara de que Jesus Cristo foi quem criou todas as coisas e que, como a segunda pessoa da Santíssima Trindade, Cristo é Deus de forma plena e exclusiva. Jesus afirmou ser Deus em muitas passagens da Escritura. Em João 10:30, Jesus disse: "Eu e o Pai somos um." Jesus não estava afirmando ser um outro Deus inferior, mas estava declarando que Ele era plenamente Deus. Em João 1:1-5, é claro que Jesus não era um ser criado, mas que, ao contrário, Ele mesmo criou todas as coisas. "Todas as coisas foram feitas por intermédio dele, e, sem ele, nada do que foi feito se fez" (João 1:3). Quão mais claras e diretas podem as Escrituras ser? "Todas as coisas" significa o que diz, e isso inclui Satanás, o qual, como um anjo, era mesmo um ser criado, assim como os outros anjos e demônios são. As Escrituras revelam Satanás como um anjo caído que se rebelou contra Deus, e Jesus como sendo Deus. A única relação que existe entre Satanás e Jesus é a do Criador e da criatura; do justo Juiz, Jesus Cristo, e o ser criado pecador, Satanás.

Como os Mórmons, as Testemunhas de Jeová ensinam também que Jesus e Satanás são irmãos espirituais. Embora alguns mórmons e Testemunhas de Jeová às vezes tentem contornar este ensinamento por ser tão contraditório ao que a Bíblia realmente diz, essa crença, no entanto, faz parte do que essas organizações acreditam e da sua doutrina oficial.

Os mórmons acreditam que não só Jesus e Lúcifer eram "filhos espirituais de Elohim", mas que os seres humanos também são filhos espirituais. Em outras palavras, eles acreditam que "Deus, anjos e homens são todos da mesma espécie, uma raça, uma grande família." É por isso que acreditam que eles próprios um dia tornar-se-ão um Deus tanto quanto Jesus ou Deus Pai. Ao invés de ver a distinção clara nas Escrituras entre Deus e a Sua criação, eles acreditam que um dia se tornarão um Deus. É claro que esta é a mesma velha mentira que Satanás tem nos dito desde o Jardim do Éden (Gênesis 3:15). Aparentemente, o desejo de usurpar o trono de Deus é endêmico nos corações dos homens.

Em Mateus 16:15, Jesus fez a pergunta importante: "Mas vós, quem dizeis que eu sou?" Esta é uma questão essencial para a salvação e uma que os Mórmons e Testemunhas de Jeová respondem incorretamente. A resposta de que Jesus é o irmão espiritual de Satanás é errada. Jesus é o Deus Filho, e nele a plenitude da Divindade habita corporalmente (Colossenses 2:9). Ele criou Satanás e um dia vai lançá-lo no lago de fogo como o justo castigo por sua rebelião contra Deus. Infelizmente, nesse Dia do Julgamento, aqueles que acreditaram nas mentiras de Satanás também serão lançados no lago de fogo com Satanás e os seus demônios. O deus dos mórmons e Testemunhas de Jeová não é o Deus que se revelou nas Escrituras. A não ser que se arrependam e venham a entender e adorar o único Deus verdadeiro, eles não têm nenhuma esperança de salvação.


Voltar à página principal em português

São Jesus e Satanás irmãos?