www.GotQuestions.org/Portugues



Pergunta: "O que causou a extinção dos dinossauros?"

Resposta:
A extinção dos dinossauros é um enigma que tem cativado os cientistas há mais de um século. Encontramos os restos fossilizados de répteis gigantes por toda a terra, mas não vemos nenhuma dessas criaturas vivas hoje. O que aconteceu com todos eles?

O paradigma convencional diz que desapareceram misteriosamente em torno de 65 milhões de anos atrás. Uma variedade de explicações tem tentado explicar o motivo. As duas hipóteses mais populares são a Hipótese do Evento de Impacto e a Hipótese do Vulcanismo Maciço. A primeira propõe que um ou mais asteróides atingiu a Terra, causando um "inverno nuclear" que dizimou os dinossauros. A segunda culpa o intenso vulcanismo pelo seu desaparecimento. Ambos fazem nota da alta concentração de irídio (Ir) encontrado enterrado nos sedimentos que separam o Período Cretáceo-Paleógeno (conhecido como fronteira K-Pg; anteriormente conhecido como o limite K-T), o qual, de acordo com o paradigma convencional, foi o período da história da Terra durante o qual os dinossauros foram extintos.

Ambas as hipóteses levam algumas das provas em conta e ignoram outras. Por exemplo, se qualquer uma das hipóteses estiver correta e existir uma lacuna de 60 + milhões de anos entre o homem e o dinossauro, então como é que vamos explicar petróglifos e outras formas de arte antigas que retratam os seres humanos interagindo com esses dinossauros conhecidos como tricerátopos, estegossauros, tiranossauros e saurópodes (em alguns casos domesticando e montando-os)? Além disso, pegadas de dinossauros fossilizados foram encontradas nas mesmas camadas de rocha que pegadas humanas. Como vamos explicar isso no âmbito da perspectiva convencional? E por que é que as antigas culturas de todos os continentes habitados no planeta registram interações com répteis gigantes? Estas criaturas são comumente conhecidas por nós hoje como "dragões" e foram relegadas coletivamente à mitologia.

Mas devemos nos perguntar: como é que tantas culturas isoladas de todo o mundo chegaram a compartilhar a mesma mitologia tão universalmente? Poderia haver uma verdade histórica no núcleo dessas lendas? Será que os répteis gigantes que encontramos enterrados na terra têm algo a ver com os répteis gigantes sobre os quais nossos antepassados falavam apenas séculos atrás? Acreditamos que este seja o caso. A preponderância de evidências sugere que a perspectiva convencional é fundamentalmente falha. A humanidade parece ter amnésia coletiva sobre este assunto, e temos efetivamente constituído um paradigma "científico" para nos manter no escuro.

Como, então, podemos explicar a extinção dos dinossauros? Da mesma forma que explicamos a extinção das outras cerca de 20.000 a 2 milhões de espécies que os cientistas acreditam podem ter sido extintas apenas no século passado - uma combinação de mudanças climáticas e a proliferação da espécie humana. A mudança climática pode ser muito destrutiva para os ecossistemas em geral, e temos a tendência de matar ou expulsar toda competição importante. É por isso que não encontramos muitos outros predadores - leões, tigres, ursos, etc. - em nossos bairros e cidades, ou até mesmo nas nossas comunidades rurais. Estamos no topo da cadeia alimentar por uma razão.

Nos filmes de Hollywood como Jurassic Park, vemos criaturas como Tyrannosaurus rex e velociraptors nos caçando e comendo vivos. E, sem dúvida, se os seres humanos e dinossauros coexistiram, algo assim certamente aconteceu. Mas, na maior parte, o oposto era verdade. Nós os caçamos para cozinhá-los para o jantar. Em muitas das lendas e grande parte da obra de arte antiga, isso é exatamente o que encontramos - humanos caçando os répteis gigantes e matando-os. Foi mais fácil para os leões, tigres e ursos do que para os dinossauros (por isso os dinossauros não existem mais). Isso é porque nossos antepassados pareciam particularmente fixados em "matar o dragão!"

Então, o que aconteceu com os dinossauros? Aparentemente, os que sobreviveram à mudança climática global foram comidos por nós. Alguns talvez existam hoje em áreas remotas do mundo que ainda não estão sob o nosso domínio completo, e há centenas desses avistamentos a cada ano - especialmente por parte de grupos indígenas e de pessoas primitivas em áreas remotas que falam aos cientistas ocidentais incrédulos (os quais, naturalmente, não acreditam nos nativos por causa de suas pressuposições supostamente "científicas"). Em nossa opinião, esta incredulidade é errada. A ciência deve envolver a investigação imparcial das provas sem preconceitos, não um esforço humano arbitrário para sustentar histórias teóricas falhas da terra.

© Copyright 2002-2014 Got Questions Ministries.