www.GotQuestions.org/Portugues




Pergunta: "Deve um Cristão tomar remédios antidepressivos ou outros remédios para a saúde mental?"

Resposta:
A questão de se um Cristão deve ou não tomar antidepressivos ou outros remédios para a saúde mental está se tornando mais e mais comum. Ataques de pânico, desordens de ansiedade, medos e depressões afetam milhões de pessoas. Ataques de pânico podem ser particularmente debilitantes, já que aparecem sem qualquer aviso. Para os que sofrem desse mal, o que eles sentem é baseado no medo: medo de rejeição, medo de aceitação, de responsabilidade, do desconhecido. Algo desperta esse medo e acaba levando a pessoa a se sentir como se estivessem sem controle e à beira da morte. Ataques de pânico são fisicamente e psicologicamente intensos.

Apesar de especialistas médicos acreditarem que muitas vezes os sintomas previamente mencionados se originam da mente da pessoa, há casos onde um desequilíbrio químico é o culpado. Se esse é o caso, medicação é prescrita para ajudar a combater esse desequilíbrio, o que em retorno trata dos sintomas desse mal psicológico. Isso é um pecado? Não. Deus permitiu com que o homem crescesse em seu conhecimento da medicina, o qual Deus usa no processo de curar. Deus precisa de remédio feito pelo homem para curar? Claro que não! No entanto, Deus permitiu com que a medicina progredisse, e seríamos tolos se não usássemos o que está disponível.

No entanto, precisamos ter cuidado. Há uma diferença entre usar medicina para propósitos medicinais e dependência contínua da medicina para viver. Precisamos reconhecer que Deus é o Grande Médico, e que apenas Ele tem o poder de cura (João 4:14). Como tal, precisamos buscar a Deus primeiramente para nossa cura. Medicina usada para tratar um caso de ataque de pânico deve ser usada apenas para ajudar o doente a cuidar da causa principal do medo. Esse remédio deve ser usado apenas para dar controle de volta ao doente. No entanto, muitas pessoas tomam esses remédios para deixarem de lidar com a causa do problema e acabam ignorando sua responsabilidade, rejeitando a cura de Deus, e possivelmente negando a outras pessoas a liberdade de perdão ou de seguir adiante depois de um evento do passado que pode estar causando esse problema. Isso, então, torna-se um pecado, já que é baseado em egoísmo.

Ao tomar remédio de uma forma limitada apenas para tratar dos sintomas e ao depender da Palavra de Deus para cuidar da transformação da mente e coração dessa pessoa, a necessidade de remédio gradualmente diminui. A posição do crente em Cristo é afirmada e Deus então passa a trazer cura às áreas problemáticas do coração e mente que estão causando o problema. A Palavra de Deus tem muito a dizer sobre medo e o propósito do medo na vida do crente. Ler as passagens a seguir, meditar nelas e permitir com que a Palavra de Deus viva no coração é a cura universal. Esses versículos dão confiança e iluminam a Verdade por trás do que significa ser um filho de Deus: Provérbios 29:25; Mateus 6:34; João 8:32; Romanos 8:28-39; 12:1-2; 1 Coríntios 10:13; 2 Coríntios 10:5; Filipenses 4:4-9; Colossenses 3:1-2; 2 Timóteo 1:6-8; Hebreus 13:5-6; Tiago 1:2-4; 1 Pedro 5:7; 2 Pedro 1:3-4; 1 João 1:9; 4:18-19.

Deus pode curar de forma supernatural e milagrosa. Devemos orar por esse objetivo. Deus também cura através de medicina e médicos. Devemos orar por esse objetivo também. Qualquer que seja a direção que Deus siga, nossa fé é o fator estimulante (Mateus 9:22). Acredite nEle e seja curado!

© Copyright 2002-2014 Got Questions Ministries.