O que é o Satanismo?



Pergunta: "O que é o Satanismo?"

Resposta:
O Satanismo não é facilmente resumido. Como ele é definido depende de a qual "divisão" do Satanismo você está se referindo. Em contraste com os cristãos, os próprios satanistas discordam sobre os seus princípios mais fundamentais. Embora os cristãos possam diferir em opinião ou convicção sobre a interpretação de certas passagens da Bíblia, os cristãos acreditam no mesmo princípio fundamental de que Jesus é o Filho de Deus que pagou o preço por nossos pecados ao morrer na cruz e ressuscitar dos mortos. Os satanistas em diferentes campos discutem se Satanás existe ou não e se estão adorando a ele ou a si mesmos. Em essência, eles estão confusos e presos a mentiras. João 8:44 talvez seja um bom resumo do Satanismo: "Vós sois do diabo, que é vosso pai, e quereis satisfazer-lhe os desejos. Ele foi homicida desde o princípio e jamais se firmou na verdade, porque nele não há verdade. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso e pai da mentira."

Devido a essas mentiras, há uma infinidade de ideologias e filosofias falsas no Satanismo. É difícil encontrar satanistas fora do seu próprio clã, igreja ou grupo que "acredite" da mesma maneira. Algumas das práticas de Satanismo são constantes, mas a sua unidade é encontrada mais nos "atos" dos rituais do que na "relação" a um sistema de crenças. É mais fácil chamar-se de "satanistas" se "fizerem" certas coisas.

A maioria dos satanistas, adoradores do diabo, diabolistas, luciferianos e membros da Igreja de Satanás alegam ter raízes no Satanismo LaVeyano, em homenagem a Anton LaVey, autor da Bíblia Satânica e fundador da primeira Igreja de Satanás. Lavey presumivelmente começou a primeira Igreja de Satanás em 1966. Como autoridade autoproclamada em tudo do mal, ele começou a dar palestras semanais ao custo de US $ 2 por pessoa. E assim a Igreja de Satã nasceu.

O ponto básico em comum em todos os ramos do Satanismo é a promoção do “eu”. Todas as formas de Satanismo afirmam que a vida existe para consumir e que o egoísmo é uma virtude. Alguns satanistas afirmam que a única existência que existe é aqui na Terra. Assim, os adoradores do diabo vivem para o momento, e o seu credo é a gula e devassidão.

O Satanismo dá a sua lealdade a Satanás, mesmo enquanto alguns na Igreja de Satanás acreditam que nenhum Deus ou Satanás exista. A maior parte da Igreja de Satanás também acredita que não há redentor para eles ou qualquer outra pessoa. Cada um é totalmente responsável pelo caminho de sua própria vida. Ainda assim, eles oram a Satanás em rituais, pedindo que a sua mão soberana se manifeste em suas vidas. Esse tipo de pensamento revela a influência de mentiras e enganos em sua filosofia.

Satanás não se importa se os satanistas realmente acreditam nele ou não. O resultado final é o mesmo – as suas almas são escravizadas por ele e, a menos que a graça de Deus intervenha, enfrentarão a eternidade no inferno.

Em suma, o Satanismo pode ou não envolver a adoração a Satanás, mas é um esforço consciente para não adorar o único Deus verdadeiro. Romanos 1 dá uma visão do coração e dos motivos de um satanista. Eles têm uma "mental reprovável, para praticarem coisas inconvenientes, cheios de toda injustiça, malícia, avareza e maldade; possuídos de inveja, homicídio, contenda, dolo e malignidade; sendo difamadores" (versículos 28-29). As pessoas que foram enganadas por Satanás a este estilo de vida têm dificuldade em entender o conceito da graça e liberdade de Deus. Em vez disso, vivem para si e por si mesmos.

Segundo Pedro 2 contém um aviso para quem seguir o Satanismo ou qualquer outra coisa em vez de Deus: "Estes são fontes sem água, névoas levadas por uma tempestade, para os quais está reservado o negrume das trevas. Porque, falando palavras arrogantes de vaidade, nas concupiscências da carne engodam com dissoluções aqueles que mal estão escapando aos que vivem no erro; prometendo-lhes liberdade, quando eles mesmos são escravos da corrupção; porque de quem um homem é vencido, do mesmo é feito escravo" (versículos 17-19).


Voltar à página principal em português

O que é o Satanismo?