Por que é tão difícil entender a Bíblia?




Pergunta: "Por que é tão difícil entender a Bíblia?"

Resposta:
Todos, de uma forma ou de outra, têm alguma dificuldade em compreender a Bíblia. Mesmo depois de quase 2.000 anos de história da igreja, há alguns versículos e passagens bíblicas que deixam até o mais brilhante dos estudiosos da Bíblia especulando quanto ao seu significado correto. Por que é tão difícil entender a Bíblia? Por que leva tanto esforço para completa e corretamente entendê-la? Antes de tentarmos oferecer uma resposta, é importante ressaltar que Deus não se comunicou indistintamente. A mensagem da Palavra de Deus é perfeitamente clara. A razão pela qual a Bíblia às vezes possa ser difícil de entender é que somos pecadores – o pecado obscurece a nossa compreensão e nos leva a incorretamente interpretar a Bíblia de acordo com o nosso próprio gosto.

Há vários fatores que podem fazer a Bíblia difícil de entender. Primeiro, há uma diferença de tempo e cultura. A Bíblia foi escrita entre 3400 e 1900 anos antes do nosso tempo de hoje. A cultura na qual a Bíblia foi escrita era muito diferente da maioria das culturas que existem hoje. As ações de pastores nômades em 1800 AC no Oriente Médio muitas vezes não fazem muito sentido a programadores de computador do século 21. É extremamente importante que, ao tentarmos entender a Bíblia, reconheçamos a cultura em que ela foi escrita.

Em segundo lugar, a Bíblia contém diferentes tipos de literatura, incluindo história, direito, poesia, canções, literatura sapiencial, profecia, cartas pessoais e literatura apocalíptica. A literatura histórica deve ser interpretada de forma diferente da literatura sapiencial. A poesia não pode ser interpretada da mesma forma que os escritos apocalípticos. Uma carta pessoal, embora tenha significado para nós hoje, talvez tenha uma aplicação diferente da dos destinatários originais. Reconhecer que a Bíblia contém diferentes gêneros é fundamental para evitar confusões e mal-entendidos.

Em terceiro lugar, todos somos pecadores e cometemos erros (Eclesiastes 7:20, Romanos 3:23, 1 João 1:8). Embora nos esforcemos para não deixar que nossas ideias preconcebidas influenciem a nossa interpretação da Bíblia, é inevitável que todos nós ocasionalmente o fazemos. Infelizmente, mais cedo ou mais tarde todos interpretam uma passagem incorretamente devido a uma suposição do que possa ou não significar. Quando estudamos a Bíblia, devemos pedir a Deus que remova as nossas tendências e nos ajude a interpretar a Sua Palavra separadamente de nossas pressuposições. Isso é muitas vezes difícil de fazer, pois admitir pressuposições requer humildade e uma disposição para admitir erros.

De modo algum essas três etapas são tudo que é necessário para compreender corretamente a Bíblia. Muitos livros têm sido completamente dedicados à hermenêutica bíblica, a ciência da interpretação bíblica. No entanto, estes passos são um excelente começo para entendê-la corretamente. Devemos reconhecer as diferenças culturais entre nós e as pessoas nos tempos bíblicos. Devemos levar em conta os diferentes gêneros da literatura. Devemos nos esforçar para permitir que a Bíblia fale por si mesma e não permitir que nossas pressuposições manchem a nossa interpretação.

Compreender a Bíblia às vezes pode ser uma tarefa difícil, mas com a ajuda de Deus, é possível. Lembre-se de que se você for um crente em Jesus Cristo, o Espírito de Deus habita em você (Romanos 8:9). O mesmo Deus que "soprou" a Escritura (2 Timóteo 3:16-17) é o mesmo Deus que vai abrir a sua mente para a verdade e a compreensão de Sua Palavra se você confiar nEle. Isto não quer dizer que Deus sempre tornará tudo bem fácil. Deus deseja que estudemos a Sua Palavra e exploremos plenamente os seus tesouros. Entender a Bíblia pode não ser fácil, mas é eminentemente gratificante.


Voltar à página principal em português

Por que é tão difícil entender a Bíblia?