Como oração é comunicação com Deus?



Pergunta: "Como oração é comunicação com Deus?"

Resposta:
Para entender a natureza da comunicação de Deus conosco, e de nós com Ele, precisamos começar com alguns preceitos. O primeiro é que Deus só fala a verdade. Ele nunca mente e nunca engana. Tito 1:2 "na esperança da vida eterna que o Deus que não pode mentir prometeu antes dos tempos eternos". Jó 34:12 "Na verdade, Deus não procede maliciosamente; nem o Todo-Poderoso perverte o juízo". A palavra grega para "escritura", graphe, é usada 51 vezes no Novo Testamento para descrever os manuscritos do Velho Testamento. Paulo afirma em 2 Timóteo 3:16 que essas palavras significam literalmente "inspirada por Deus". A palavra graphe também se refere ao Novo Testamento, principalmente quando Pedro chama as epístolas de Paulo "escritura" em 2 Pedro 3:16, e também quando Paulo (em 1 Timóteo 5:18) cita as palavras de Jesus de Lucas 10:7 e as chama de "escritura". Dessa forma, quando estabelecemos que um manuscrito do Novo Testamento pertence à categoria especial de "escritura", estamos corretos em aplicar 2 Timóteo 3:16 àquele manuscrito também, e dizer que aquele manuscrito também tem as características que Paulo atribui a "toda escritura": ela é "inspirada por Deus", e todas as suas palavras vêm de Deus.

Por que toda essa informação é importante ao assunto de oração? Agora que temos estabelecidos que Deus apenas fala a verdade e que todas as palavras da Bíblia vêm de Deus, podemos logicamente fazer duas conclusões sobre comunição com Deus. Primeiro, já que a Bíblia diz que Deus escuta o homem (Salmos 17:6; Salmos 77:1; Isaías 38:5), o homem pode confiar que quando ele está em um relacionamento correto com Deus, e ele fala com Deus, Deus o escutará. Segundo, já que a Bíblia é a Palavra de Deus, o homem pode confiar quando ele está em um relacionamento correto com Deus, e quando ele lê a Bíblia, ele está literalmente escutando a palavra falada de Deus. O relacionamento correto com Deus que é necessário para uma comunicação saudável entre Deus e os homens é evidenciado de três formas. A primeira é voltar-se contra o pecado, ou arrependimento. Salmos 27:9, por exemplo, é um pedido de Davi para que Deus o escute e não o ignore em ira. Dessa passagem podemos concluir que Deus volta-se contra o pecado do homem e que pecado atrapalha a comunicação entre Deus e o homem. Um outro exemplo disso é encontrado em Isaías 59:2, onde Isaías diz ao povo: "Mas as vossas iniqüidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que vos não ouça". Quando há pecado não confessado em nossas vidas, isso com certeza vai atrapalhar comunicação com Deus.

A segunda forma que podemos evidenciar uma relacionamento correto é através de um coração humilde. Deus fala essas palavras em Isaías 66:2: ".... mas o homem para quem olharei é este: o aflito e abatido de espírito e que treme da minha palavra". A terceira forma é uma vida justa. Esse é o lado positivo de voltar-se contra o pecado e é caracterizado especificamente por efetividade em oração. Tiago 5:16 diz: "… Muito pode, por sua eficácia, a súplica do justo".

Nossa conversa com Deus pode ser em voz alta, em nossas mentes ou escrita. Podemos ter confiança de que Deus vai nos ouvir e que o Espírito Santo vai nos ajudar a orar da forma que devemos. Romanos 8:26 diz: "Também o Espírito, semelhantemente, nos assiste em nossa fraqueza; porque não sabemos orar como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós sobremaneira, com gemidos inexprimíveis".

Quanto ao método que Deus usa para se comunicar conosco, devemos esperar que Ele vai falar conosco primeiramente através da Bíblia, ao invés de confiar que Deus vai colocar certos pensamentos em nossas mentes para nos guiar a certas ações ou decisões específicas. Por causa da nossa capacidade de nos enganar, não é sábio aceitar a idéia de que todo pensamento que passa por nossas mentes vem de Deus. Às vezes, em relação a certos assuntos em nossas vidas, Deus não fala diretamente conosco através das Escrituras, e pode ser muito tentador procurar por revelação extra-bíblica nesses momentos. No entanto, em tais momentos, é melhor – para evitar colocar palavras na boca de Deus e / ou cair no erro de decepção – encontrar respostas aplicando princípios bíblicos que Ele já nos deu. Também é aconselhável orar ardentemente por sabedoria para que cheguemos às conclusões corretas, pois Deus prometeu dar sabedoria a quem Lhe pede. "Se, porém, algum de vós necessita de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e nada lhes impropera; e ser-lhe-á concedida" (Tiago 1:5).


Voltar à página principal em português

Como oração é comunicação com Deus?