São os curandeiros uma verdade ou uma farsa? Será que um curandeiro cura com o mesmo poder que Jesus?



Pergunta: "São os curandeiros uma verdade ou uma farsa? Será que um curandeiro cura com o mesmo poder que Jesus?"

Resposta:
Não há dúvida de que Deus tem o poder de curar qualquer um a qualquer momento. A questão é se Ele decide fazê-lo através dos que são chamados de "curandeiros". Estes indivíduos normalmente convencem o seu público de que Deus quer que estejam bem e que através da sua fé - e, geralmente, de uma oferta de financeira - Deus vai premiar a sua fé curando-os através do poder de Jesus.

Ao comparar o ministério de cura do Senhor Jesus com o dos modernos curandeiros, podemos determinar se suas reivindicações têm qualquer base nas Escrituras. Se, como dizem, curam através do mesmo poder e da mesma forma que Jesus curou, devemos ser capazes de ver semelhanças marcantes entre eles. No entanto, apenas o oposto é verdadeiro. Marcos 1:29-34 nos dá uma descrição de apenas um dia de ministério de cura de Jesus. O Seu poder para curar - e para fazer todos os tipos de milagres - era evidência de que Ele tinha poder sobre ambos os efeitos físicos e espirituais da maldição do pecado. Ele curou os que sofriam com doenças e lesões físicas, até mesmo ressuscitou os mortos, e Ele expulsou os demônios das pessoas que estavam possuídas por eles. Só Deus pode nos salvar dos resultados da queda do homem no pecado – ou seja, da doença e da morte e, por seus milagres, Jesus provou a Sua divindade.

Há várias distinções na forma como Jesus curou que não são características dos modernos curandeiros. Em primeiro lugar, Ele curou instantaneamente. A sogra de Pedro (Marcos 1:31), o filho do centurião (Mateus 8:13), a filha de Jairo (Marcos 5:41-42) e o paralítico (Lucas 5:24-25) foram todos curados imediatamente. Eles não tinham que ir para casa para começar a melhorar, como é o conselho de muitos curandeiros. Em segundo lugar, Jesus curou totalmente. A sogra de Pedro voltou a funcionar normalmente após ter sido curada de uma doença tão grave que ela estava de cama. Entretanto, quando Jesus a curou, ela levantou-se imediatamente e preparou uma refeição para todos os que estavam na casa. Os mendigos cegos em Mateus 20:34 passaram a enxergar imediatamente. Em terceiro lugar, Jesus curou a todos (Mateus 4:24, Lucas 4:40). Eles não eram obrigados a ser pré-selecionados pelos discípulos antes de virem a Jesus para a cura, como é o procedimento padrão com os curandeiros hoje. Não havia fila de cura para a qual os doentes tinham que se qualificar. Jesus curou o tempo todo em muitos lugares, não em um estúdio com circunstâncias cuidadosamente controladas.

Em quarto lugar, Jesus curou doenças orgânicas reais, não apenas os sintomas como os curandeiros fazem. Jesus nunca curou ninguém de uma dor de cabeça ou dor nas costas. Ele curou da lepra, cegueira e paralisia - milagres que eram verdadeiramente verificáveis. Finalmente, Jesus curou a maior doença – a morte. Ele ressuscitou Lázaro depois de quatro dias na sepultura. Nenhum curandeiro pode duplicar isso. Além disso, as Suas curas não exigiam a fé como uma condição prévia. Na verdade, a maioria dos que Ele curou eram incrédulos.

Tem sempre havido falsos curandeiros que, por fins lucrativos, ficam de olho nos que sofrem e estão desesperados. Tal comportamento é o pior tipo de blasfêmia porque muitos cujo dinheiro é desperdiçado em falsas promessas rejeitam a Cristo abertamente por não fazer o que o curador tinha prometido. Por que, se os curandeiros têm o poder de curar, eles não andam pelos corredores dos hospitais curando e liberando todos? Por que não ir para a África e curar todos os casos de AIDS? Eles não o fazem porque não podem. Eles não têm o poder de cura que Jesus possuía.


Voltar à página principal em português

São os curandeiros uma verdade ou uma farsa? Será que um curandeiro cura com o mesmo poder que Jesus?