O que significa deixar e unir em relação ao casamento?



Pergunta: "O que significa deixar e unir em relação ao casamento?"

Resposta:
A frase “deixar e unir” vem de Gênesis. "No princípio, criou Deus os céus e a terra" (Gênesis 1:1). Para uma narrativa bem interessante da verdadeira história da Criação, leia Gênesis 1-2. "Também disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança..." "Façamos" e "nossa" se referem à Trindade Santa – o Pai, o Filho e o Espírito Santo. "Criou Deus, pois, o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou" (Gênesis 1:26,27). "Então, formou o SENHOR Deus ao homem do pó da terra e lhe soprou nas narinas o fôlego de vida, e o homem passou a ser alma vivente" (Gênesis 2:7). Deus então criou a mulher. Ele fez a mulher da costela que tinha tirado de Adão, e Ele a trouxe ao homem. "E disse o homem: Esta, afinal, é osso dos meus ossos e carne da minha carne; chamar-se-á varoa, porquanto do varão foi tomada. Por isso, deixa o homem pai e mãe e se une à sua mulher, tornando-se os dois uma só carne" (Gênesis 2:23-24). "De modo que já não são mais dois, porém uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem" (Mateus 19:6).

Deus criou primeiro o homem e então a mulher. Deus a trouxe a ele. Deus decretou que Adão e Eva seriam unidos em casamento no início do mundo. Ele disse que os dois se tornariam uma só carne. Esse é um retrato da intimidade do casamento – um ato de amor que não deve incluir mais ninguém, mas apenas aos dois. "Unir" significa aderir, cravar, prender, juntar. É um ato especial de juntar duas pessoas em uma só entidade e significa que não pulamos fora quando as coisas não estão indo bem. Inclui ter conversas para resolver problemas, orar juntos, ser paciente enquanto Deus trabalha nos corações dos dois, ter coragem de admitir quando você está errado e pedir por perdão, nunca abandonar seu cônjuge quando tudo aparenta estar indo errado e pedir a Deus por conselho regularmente através de Sua Palavra.

"Ora, aos casados, ordeno, não eu, mas o Senhor, que a mulher não se separe do marido (se, porém, ela vier a separar-se, que não se case ou que se reconcilie com seu marido); e que o marido não se aparte de sua mulher. Aos mais digo eu, não o Senhor: se algum irmão tem mulher incrédula, e esta consente em morar com ele, não a abandone; e a mulher que tem marido incrédulo, e este consente em viver com ela, não deixe o marido" (1 Coríntios 7:10-13). A intenção de Deus é que o homem e sua mulher deixem suas famílias e unam-se um com o outro “até que a morte os separe”. "Porque o SENHOR, Deus de Israel, diz que odeia o repúdio" (Malaquias 2:16).

O "deixar e unir" do casamento também é um retrato da união que Deus quer que tenhamos com Ele. "Andareis após o SENHOR, vosso Deus, e a ele temereis; guardareis os seus mandamentos, ouvireis a sua voz, a ele servireis e a ele vos achegareis" (Deuteronômio 13:4). Significa que deixaremos para trás todos os outros deuses, quaisquer que sejam, e iremos nos unir só a Ele como nosso Deus. Nós nos unimos a Ele quando oramos, lemos Sua Palavra e nos submetemos à Sua autoridade sobre nós. Então, ao seguirmos a Ele de uma forma bem próxima, podemos ver que sua instrução de deixar pai e mãe para unir-se ao nosso cônjuge é descobrir comprometimento e segurança, assim como Ele quis. Essa decisão também deixa para trás a opção do divórcio, a qual nunca é uma solução, apenas uma troca por problemas mais complexos. Deus leva nossos votos de casamento a sério. Portanto, deixar e unir é o plano de Deus para todo aquele que se casa e, quando seguimos o plano de Deus, nunca ficamos desapontados.


Voltar à página principal em português

O que significa deixar e unir em relação ao casamento?